2008/09/13

O som do cristal


É bem verdade que a beleza está nas coisas simples. Soará a snob, eu sei, mas já nem me importo, dizer que este é um cliché tão óbvio que se torna um enigma perceber por que razão a maioria das pessoas não o segue e disfruta. Em lugar disso preferem, na linha do que tenho vindo a dizer ultimamente, seguir ordeiramente por caminhos formatados, procurando produtos que não cansem os seus estafados neurónios. Só assim se percebe que se troquem horas e horas de mau cinema, em centros comerciais coloridos e estupidificantes, por aquelas duas horas e meia num cinema "de verdade", a ver, como num espelho, "Aquele querido mês de Agosto", de Miguel Gomes. Como já li algures, certamente o melhor filme português desde "Alice".

2 comentários:

Anónimo disse...

Já leste a crítica do cinecartaz.publico.pt (Luis Miguel Oliveira)?
Teresa

tixa leitao disse...

que titulo par filme....ainda nao vi mas ...meu querido mes de agosto faz me lembrar aquela musica a chamada pimba que era usual se ouvir nas feiras de aldeias em que toda a gente gosta de ir para se encher a comer as tradicionais farturas e ir as baracas onde embebedam de cerveja e comem a tal famosa bifana,onde se encontram milhares de imigrantes ou emigrantes que embora saibam falar potugues insistem em falar o tal mal falado frnçes ou ingles(poi por incrivel k pareça nos poucos anos que estao fora de portugalja nao sabem falar a lingua mae)..E AI SIM NOS OUVIMOS ;MEU KERIDO MES DE AGOSTO ,POR TI PASSO OANO INTEIRO A XORAR,TRAGO UM SORRISO NO ROSTO...